Atendimento telefônico: 48. 3234-7247 ou 48. 3364-7247
Somos feitos de ideias. Cresça conosco.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (Obrigatório)

Seu telefone (com DDD) (Obrigatório)

Assunto

Mensagem

[recaptcha]

Reconhecimento

Desde 2007 entregando o melhor conteúdo para o crescimento das farmácias e farmacêuticos magistrais.

Siga-nos

Nosso Endereço

Rua Santa Luzia 100
The Place Office Sala 206
Florianópolis, Ilha da Magia SC
Brasil

Telefones: 48. 3234-7247  | 3364-7247
Email: pharmaceutical@pharmaceutical.com.br

Limpe aquele vinho do seu sorriso!

Limpe aquele vinho do seu sorriso!
16 de fevereiro de 2017 Marlon Barg

Degustar vinhos é um grande prazer, e relaxar com um bom vinho é certamente um belo motivo para sorrir. Mas por outro lado, o vinho pode, ao mesmo tempo, tirar o brilho do nosso sorriso, pois mancha e escurece nossos dentes. Sua cor forte, principalmente do vinho tinto, quando combinada a outros fatores, pode tornar o vinho ainda mais nocivo que outros inimigos do sorriso bem conhecidos, como o café ou os refrigerantes.

 

Confira 5 superdicas para aproveitar ao máximo os benefícios (ou prazeres) do vinho sem detonar com a sua saúde bucal ou com a cor dos seus dentes:

  • Água, água, água

Durante uma longa noite regada a vinho, não se esqueça da água para acompanhar. Se for com gás, melhor ainda, pois a carbonatação vai ajudar ainda mais a proteger seus dentes. Mas o importante é não ficar de boca seca.

  • O branco e o tinto

A ideia de começar a noite pelo vinho branco, e depois passar para o vinho tinto, pode ser boa para o paladar, mas não ser das melhores, para os dentes. A acidez do vinho branco deixa os dentes mais porosos, e mais propensos a absorver os corantes naturais do vinho tinto.

  • Escovando os dentes, antes do vinho

Dentes limpos ficam mais protegidos, pois os corantes tendem a “grudar” na placa bacteriana. Mas escove seus dentes 1 hora antes de beber vinho tinto, porque se escovar e beber em seguida terá seu paladar muito alterado pelo creme dental.

  • E depois do vinho?

Dica preciosa: Depois de algumas taças de vinho, a saliva às vezes está tingida, na cor do vinho. Por isso, não os escove logo na sequência. Deixe a saliva trabalhar. E mesmo assim, antes de escová-los, é importante primeiro enxaguar bem a boca, para diminuir os ácidos presentes na cavidade bucal, que podem prejudicar o esmalte dos dentes, durante a escovação.

  • Podem ser utilizados os wine wipes. Confira abaixo!

 

 

 Wine wipes – Convenientes e portáteis. Limpeza dos dentes sem alterar o paladar

 

 Mas, o que são wipes?

Wipe é uma palavra inglesa e seu significado é limpar.

Na área cosmética é o termo utilizado para aqueles lencinhos, que contêm substâncias que podem ter diversos benefícios para a pele, dependendo do que é incorporado neles (pode ser que você tenha alguma familiaridade com estes produtos – principalmente se você tiver um bebê ou se curtir as tendências em maquiagens).

 

 Pequenos, mas poderosos.

Acondicionados em uma embalagem conveniente, prática e de tamanho reduzido, os wipes usam somente ingredientes simples, mas eficientes que atuam por diversos mecanismos:

  • Neutraliza as moléculas ácidas que causam as manchas;
  • Funciona como leve abrasivo e atua no combate às bactérias;
  • Clareia suavemente e possui atividade antimicrobiana;
  • Contêm cálcio para fortalecer os dentes;
  • Repele as manchas das bebidas e dos alimentos;
  • Essência de flor de laranjeira, sensação de limpeza sem prejudicar o paladar.

 

Os Wine Wipes podem ser encontrados nas farmácias de manipulação e a Pharmaceutical Consultoria recentemente desenvolveu uma formulação e material técnico de apoio para que os dentistas, seus clientes e demais interessados possam conhecer melhor sobre este produto.

Se os dentes já estiverem bem manchados, o clareamento pode ser necessário.

E considerando a possibilidade de que géis de clareamento com alta concentração de agente clareador podem aumentar a susceptibilidade do esmalte à erosão, a adição de íons remineralizantes é um benefício para impedir uma maior desmineralização do esmalte.

Mas lembre-se, é um equívoco concluir que o vinho prejudica a saúde bucal. Já foi comprovado que o consumo de vinho pode até reduzir o risco de cáries.

Uma boca saudável é uma boca esteticamente atraente. A dentística está em constante evolução para poder melhorar a aparência do sorriso sempre conservando as estruturas saudáveis:

“Apesar de muito se falar das possíveis consequências negativas para a beleza do sorriso, Sérgio Vieira (CROPR 4423), professor titular da disciplina de Dentística do Curso de Odontologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), afirma que  a bebida só trará danos aos dentes se for ingerida em quantidades significativas e em alta frequência. “Um consumo constante de vinho tinto ao longo dos anos pode vir a escurecer os dentes, principalmente se o rótulo escolhido pelo consumidor apresentar altas doses uma substância chamada tanino”, afirma. A respeito do vinho branco o professor tem posição semelhante: o ácido da bebida só causará danos aos esmalte dos dentes se for consumido em grandes quantidades e por um longo tempo”. Leia mais aqui.