Atendimento telefônico: 48. 3234-7247 ou 48. 3364-7247
Somos feitos de ideias. Cresça conosco.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (Obrigatório)

Seu telefone (com DDD) (Obrigatório)

Assunto

Mensagem


Reconhecimento

Desde 2007 entregando o melhor conteúdo para o crescimento das farmácias e farmacêuticos magistrais.

Siga-nos

Nosso Endereço

Rua Santa Luzia 100
The Place Office Sala 206
Florianópolis, Ilha da Magia SC
Brasil

Telefones: 48. 3234-7247  | 3364-7247
Email: pharmaceutical@pharmaceutical.com.br

Manual de Boas Práticas e POPs, o que é isso?

Manual de Boas Práticas e POPs, o que é isso?
21 de fevereiro de 2017 Regis Luiz

Manual de Boas Práticas e POPs

O Manual de Boas Práticas

Segundo o Formulário Nacional da Farmacopeia Brasileira as Boas Práticas em Farmácia compreendem “[…] parte integrante da garantia da qualidade que assegura que os produtos são consistentemente manipulados e controlados em conformidade com as normas de qualidade requeridas.

Para as Boas Práticas de Manipulação de Medicamentos para Uso Humano em farmácias, devem ser seguidas também a RDC Anvisa nº 67/07 e as alterações introduzidas pela RDC Anvisa nº 87/07, que têm como objetivo fixar:

“Os requisitos mínimos exigidos pra o exercício das atividades de manipulação de preparações magistrais e oficiais das farmácias, desde suas instalações, equipamentos e recursos humanos, aquisição e controle da qualidade de matéria-prima, armazenamento, avaliação farmacêutica da prescrição, manipulação, fracionamento, conservação, transporte, até a dispensação das preparações, além da atenção farmacêutica aos usuários ou seus responsáveis, visando a garantia de sua qualidade, segurança, efetividade e promoção do seu uso seguro e racional.”

POPs prontos Pharmaceutical

POPs - Procedimentos Operacionais Padrão

O próprio nome já diz tudo: ter procedimentos a serem realizados de forma que o trabalho seja executado da mesma forma, independentemente do colaborador que o executar.

Através de um POP bem elaborado, são possíveis a identificação de falhas e a implementação de medidas corretivas no processo, evitando prejuízos à saúde dos usuários de medicamentos e as respectivas sanções legais cabíveis.

O mais importante é a empresa ter como fundamentação que esses documentos não devem ser utilizados exclusivamente para o cumprimento da determinação legal, mas que os mesmos sirvam como parâmetro de execução segura de todo o processo magistral.

Tanto as principais RDCs relacionadas à farmácia de manipulação (RDC 67 e RDC 87), assim como a RDC voltada à drogaria (especialmente a RDC 44/09) preconizam esses procedimentos, bem como a elaboração de um manual de boas práticas detalhados.

De uma forma bem genérica um POP se resume em 4 pontos:

  1. O que deve ser feito;
  2. Como deve ser feito;
  3. Por quem deve ser feito;
  4. Quando deve ser feito.

 

POP Farmácia de Manipulação Pronto.

Para que servem efetivamente esses documentos?

Para garantir a produção de um medicamento manipulado com qualidade, segurança e eficácia, a Farmácia com Manipulação deve seguir o Manual de Boas Práticas de Manipulação em Farmácias.

Este deve ser acompanhado de Procedimentos Operacionais Padrão de acordo com a legislação e a metodologia adequada ao seu estabelecimento. Esta prática permite que a empresa possua uma norma a ser seguida.

De modo que fatores humanos, técnicos, administrativos e de maquinários que influem sobre a qualidade dos produtos estejam efetivamente sob controle. O objetivo é que os desvios da qualidade e seus problemas sejam prevenidos, reduzidos e eliminados.

As Boas Práticas estabelecem uma série de roteiros para as diferentes etapas do processo, desde o atendimento ao cliente, aquisição de matérias-primas e embalagens, avaliação farmacêutica do receituário, manipulação, controle da qualidade e dispensação do medicamento até a manutenção da estrutura física, equipamentos, setor administrativo e equipe técnica.

O treinamento deve ser registrado, bem como a eficácia que engloba cada pessoa envolvida. E para que não se tornem obsoletos devido aos avanços tecnológicos ligados aos equipamentos, instalações, embalagens, processos de fabricação, organização de produção, adequação às legislações vigentes e crescimento da empresa, devem estar em contínua revisão, no mínimo anualmente.

 

PGRSS – Manipulação e Drogaria Pronto.

POP´s PRONTOS: